Imunidade

Vitamina C: mais do que uma aliava para prevenir gripes e resfriados

31 de maio de 2022 . por Catarinense Pharma

Com a mudança do clima no inverno é muito comum as gripes e resfriados aparecerem, a imunidade fica comprometida, nosso corpo propício para infecções oportunistas e logo lembramos da velha aliada: a VITAMINA C (ou também conhecida como ácido ascórbico). Mas a verdade é que essa vitamina atua em diversas outras funções além de auxiliar na manutenção do sistema imune. Quer saber quais as outras funções? Continue a leitura!

ATUAÇÃO DA VITAMINA C ALÉM DO SISTEMA IMUNE

A vitamina C desempenha diversas funções em nosso organismo, como a atuação na absorção de ferro – não é à toa que sempre ouvimos que o ideal é comer uma laranja de sobremesa depois do feijão.

Essa vitamina tem ação antioxidante, ou seja, ela combate o excesso de radicais livres produzidos pelo organismo. Radicais livres são moléculas liberadas pelo metabolismo do corpo com elétrons altamente instáveis e reativos que podem causar diversos problemas, como o envelhecimento precoce e morte celular.

Mas o que produz esse excesso de radicais livres? Essa é simples: alimentos ricos em frituras e/ou açúcar refinado, excesso de exposição ao sol, poluição ambiental, estresse, álcool, cigarro e muitos outros.

Além disso, a vitamina C tem atuação na formação do colágeno. É isso mesmo! O ácido ascórbico é essencial para a biossíntese do colágeno, pois auxilia na formação das fibras colágenas – aquelas que conferem força, resistência e flexibilidade aos tecidos.

ONDE ENCONTRO A VITAMINA C?

A Vitamina C pode ser obtida através da alimentação, como o limão, laranja, acerola, caju, goiaba, repolho, brócolis, couve-flor, groselhas pretas, pimentão doce, salsa, batatas, batatas doces, couves de Bruxelas, morangos, manga e muitos outros.

Para manter bons níveis de vitamina C no organismo é preciso consumir alimentos fonte todos os dias, pois ela não se acumula no organismo. Fique tranquilo! A quantidade de vitamina C que não utilizamos é eliminada pela urina.

QUAIS OS SINAIS E SINTOMAS DE CARÊNCIA DESSA VITAMINA?

A carência da vitamina C no organismo pode ser percebida por alguns sinais e sintomas, como por exemplo:

  • Cansaço;
  • Indisposição;
  • Dificuldade na cicatrização de feridas;
  • Queda de cabelo;
  • Unhas quebradiças;
  • Pele seca;
  • Aumento de infecções;

Para prevenir a carência de vitamina C é ideal realizar acompanhamento com um profissional de saúde habilitado e buscar ter uma alimentação balanceada. E sim, há quantidades ideias de consumo para homens e mulheres, mas alguns públicos precisam ingerir quantidades maiores dessa vitamina devido a momentos diferentes, estilo de vida, entre outros fatores importantes.

O QUE ATRAPALHA A ABSORÇÃO DA VITAMINA C?

Alguns medicamentos podem prejudicar a absorção da vitamina C no organismo, isso acontece devido a interação química entre as substâncias.

Normalmente, o consumo de vitamina C com outros nutrientes não causa nenhuma inibição da sua absorção, isso quer dizer que você pode consumir alimentos fonte de vitamina C após a refeição ou realizar a suplementação, caso seja necessário.

É importante destacar sobre uma das bebidas mais queridas: o café! Este sim pode atrapalhar a absorção quando ingerido após consumir vitamina C. O ideal é aguardar de 1h a 2h para consumir o café.

 

Thalyta Souza – Nutricionista

Bárbara Cardoso – Nutricionista

 

Referências:

1.BIASEBETTI, Mayara do Belem Caldas; RODRIGUES, Isis Delfrate; MAZUR, Caryna Eurich. RELAÇÃO DO CONSUMO DE VITAMINAS E MINERAIS COM O SISTEMA IMUNITÁRIO: uma breve revisão. Visão Acadêmica, Curitiba, v. 19, n. 1, p. 130-136, 18 maio 2018. Universidade Federal do Parana. http://dx.doi.org/10.5380/acd.v19i1.57737. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/academica/article/view/57737. Acesso em: 17 maio 2022. 2.CAVALARI, Tainah G. F et al. OS EFEITOS DA VITAMINA C. Revista Saúde em Foco, São Paulo. p. 749-765. 2018. Disponível em:http://portal.unisepe.com.br/unifia/wpcontent/uploads/sites/10001/2018/09/086_Os_efeitos_da_vitamina_C.pdf. Acesso em: 17 maio 2022.

 

Escrito por

Catarinense Pharma

Nosso Instagram