Nutrição

Nutrição infantil: quais são os nutrientes e hábitos importantes

26 de fevereiro de 2021 . por Thalyta Karin de Souza (CRN-10/8301)

Uma boa alimentação é necessária em todas as idades, mas quando falamos em alimentação para crianças sabemos que isso corresponde a um grande desafio e podemos confirmar isso por meio do número de pesquisas na internet de frases como: “O que fazer para o meu filho comer?” ou “Meu filho não come”. Estas dúvidas surgem porque nesta fase os hábitos alimentares das crianças ainda estão sendo estabelecidos e ao mesmo tempo a criança já possui preferências alimentares e também recusas significativas que acabam preocupando os responsáveis.

Além disso, a mudança dos hábitos alimentares é mais difícil na infância, pois as crianças ainda não entendem os danos que a má alimentação pode causar sobre a saúde e ainda, necessitam da disponibilidade de pais ou responsáveis para realizar suas refeições, daí a importância que os cuidadores exercem sobre a alimentação das crianças, que deve considerar outros aspectos além do nutricional, como o afetivo, cultural, econômico, social e a fase de desenvolvimento atual da criança.

De acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde é importante termos uma atenção redobrada a saúde dos pequenos, isso porque 15,9% das crianças brasileiras com idades menores de 5 anos e cerca de 29,3% das crianças entre 5 e 9 anos estão com excesso de peso.

Os alimentos servem para saciar a fome e agem como um combustível que proporciona bem-estar e disposição. Na composição dos alimentos temos os chamados “nutrientes”, que são substâncias que o organismo precisa para viver e executar suas atividades diárias, onde a ausência deles durante a infância está relacionada com agravos a saúde, como o surgimento de complicações imediatas ou a longo prazo.

Quais nutrientes são mais importantes para as crianças?

Vitamina AVegetais folhosos verde-escuro, vegetais e frutas amarelo-alaranjadas, brócolis, couve, abacate, beterraba, cenoura, laranja, figo, ervilhas
Vitamina CPimentão amarelo, mamão papaia, brócolis, frutas cítricas como laranja, limão, acerola, morango
ZincoOvos, carnes vermelhas, nozes e leguminosas
Vitamina DPeixes como salmão, ovos, leite e derivados
Complexo B Peixes, castanhas, amendoins, gema de ovo, abacate, couve, espinafre

Confira 9 hábitos básicos importantes para a manutenção da saúde das crianças

  1. Busque incentivar a criança a experimentar frutas e verduras;
  2. Ensine a criança a fazer escolhas adequadas para a criação de hábitos alimentares saudáveis ao decorrer da vida;
  3. Atenção a quantidade de sal excessivo nos alimentos, muito utilizado em alguns temperos prontos;
  4. Estimule a atividade física, como andar de bicicleta, pular corda e outros;
  5. Procure não oferecer refrigerantes e doces como recompensa para a criança;
  6. Evite oferecer salgadinhos, biscoitos recheados e outros alimentos prejudiciais a saúde e procure ofertar frutas, sucos, iogurtes e alimentos mais saudáveis (não esqueça de ler os ingredientes dos alimentos);
  7. Incentive refeições com a família, sem a interferência de eletrônicos;
  8. Procure realizar as refeições em locais sossegados;
  9. Não esqueça, procure auxilio de um profissional de saúde habilitado para introduzir a alimentação complementar.

Portanto, é certo dizer que a nutrição infantil tem um papel importante tanto no crescimento físico da criança quanto no desenvolvimento neuropsicológico e no combate a diversos tipos de patologias que atingem, principalmente, as crianças. Caso tenha dúvidas, procure um profissional de saúde habilitado para uma orientação individualizada.

Referências

Silva, CSM. Bartolomeu, TA. Silva, NM. Oliveira, MCF. Qualidade da alimentação de crianças e implicações do perfil socioeconômico e estímulo a alimentação saudável na família. Revista de Ciências Humanas, v. 20, n. 1, 2020.

Dias, LLL. Carvalho, TAO. Vimar, ACAV. Mallet, ACT. Avaliação Nutricional em Crianças de 0 a 10 anos: Uma Revisão. Revista Episteme Transversalis, v. 11, n. 3, p. 60-81, 2020.

Pedraza, DF. Queiroz, D. Micronutrientes no crescimento e desenvolvimento infantil. Rev Bras Crescimento Desenvolvimento Hum., v. 21, n.1. 2011.

Saúde e Nutrição na Primeira Infância. Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente, v.3, 2013.

Escrito por

Thalyta Karin de Souza (CRN-10/8301)

Nosso Instagram